sinais

tento segurar o fôlego e respirar um pouquinho mais
para não perder os segundos que passo ao seu lado.

eu ainda tenho que segurar a sua mão
seus dedos finos e quentinhos
já que tenho medo que, por alguma fração de segundo,
isso acabe,

tenho tanto a perder, ao saber que nada dura para sempre,
mas ao saber que estamos juntos
todo e qualquer momento que temos
é o melhor.

antes de você voltar
eu não me importava com nada
eu ria do que julgavam ser "para sempre"

e hoje só consigo imaginar o para além desse sempre.

as coisas mudam
e para cada erro que cometi,
desejo mais mil segundos perto dos seus olhos.

eu sei que é uma coisa frágil
essa vida pela qual vivemos e, se eu pensar demais, não consigo suportar o peso pela culpa
pela sua culpa
e pelo fim que pesa tanto, mas tanto, em seus (nossos) ombros.

no fundo, eu só queria que você soubesse que
quando olho para você
todo meu medo vai embora e que,
nesses anos todos,

você
sempre esteve

acima de tudo. 



CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top