Jeito


Passe o tempo que for
Ainda é o seu jeito
Que cura e suspende a minha dor

Demore a eternidade a chegar
Ainda é o seu jeito
Que me vira do avesso e me faz dançar

Leve a inconstância de ser
Ainda é o seu jeito
Que cessa os meus medos e me faz esquecer

Mude o quanto precisar para ir
Ainda é seu jeito
Que alivia minha alma e me bota pra dormir

Busque a indecência que me leva a ti
Ainda é seu jeito
Que acende toda e qualquer loucura adormecida aqui

Morda os lábios continuamente
Ainda é seu jeito
Que me sacode e tira a minha inocência levemente

Venha,
Ainda é seu jeito
Que me revira pra te servir sem senha

Deixa,
Que ainda é seu jeito que me faz enlouquecer.


CONVERSATION

1 comentários:

Back
to top