relapsa



sei que tenho andado um pouco relapsa com a nossa história. Sei que você não tem obrigação de me aceitar do jeito que sou, de me perdoar por tantos erros, de suportar minhas mudanças de humor, de tolerar meus medos infinitos, de engolir meu lado sombrio, de preencher meu vazio existencial e de me carregar no colo quando minhas forças não são fortes o suficiente. Me desculpa, sei que nem sempre sou divertida, inteligente, sexy, amorosa e gentil como deveria.




Preciso que você entenda que nem sempre consigo entender esse teu mundo cheio de angústias e dores. Preciso que você entenda que nem sempre eu consigo me manter em pé, forte o suficiente para te confortar. Preciso que você entenda que, às vezes, quem precisa de colo... sou eu.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top