Das coisas que precisam durar;



Quando eu descobri que ainda me amava, meu mundo simplesmente voltou a fazer sentido. Naquele momento, era um misto de sensações que eu jamais tinha sentido em nenhuma outra relação. Tanto medo, mas também tanta curiosidade. Tanto receio, mas também tanta vontade. Sempre foi assim. Eu sempre imaginei como seria se um dia você voltasse. As vezes, eu me pegava olhando nossas coisas imaginando como a vida poderia ser boa comigo ainda. E foi. Você voltou para me mostrar que a vida podia ser melhor. Que eu teria novos motivos para sorrir. Eu realizei um dos meus maiores sonhos: dormir e acordar ao seu lado. Aquele ano novo foi, sem dúvidas, uma das coisas mais bonitas que já me aconteceu (depois do nosso casamento, é claro). Olhar teus olhos num castanho dourado me trazendo um novo dia era como se todas as minhas feridas se curassem e todas as cicatrizes fossem embora. Depois de tudo o que vivemos juntos, nossa casa, nossos sonhos, nossos filmes e seriados de madrugada, seu pé quentinho quando estava pegando no sono, suas músicas chatas, todos aquelas frases difíceis que você fazia questão de falar enquanto íamos para algum show, seus abraços durante as músicas que eu mais queria ouvir ao vivo, nossas laricas, as preguiças no domingo, as pizzas de terça-feira a noite, as compras no mercado, as meias que você deixava espalhadas pela casa, as minhas manias loucas de arrumação... depois de tudo isso, ainda me sobra uma saudade sem fim. Eu só queria que tudo isso tivesse sido suficiente para fazer você ficar. Eu sei que não tenho muito a oferecer, mas eu tinha (e ainda tenho) um amor que não cabia em mim. Eu quis tanto ser a tua paz. Eu quis tanto que você percebesse que a vida pode ir além de tudo o que te prometiam. Eu só queria que você tivesse percebido que eu estava aqui, a todos os instantes. Que tudo o que eu aguentei for por você. Que todas as coisas que deixei passar, ferindo meus sentimentos, foi por você. Eu sei que nada nunca mais será o mesmo, mas saiba que meu amor por você sempre foi maior que tudo nessa vida. Nesses dez anos que te conheci, todos foram pensando no quanto eu queria o seu bem e o quanto eu faria qualquer coisa para você ser quem quisesse ser. Nesses dez anos, tudo o que queria é que você chegasse cansado em casa e pudesse repousar em mim. Nesses dois anos eu só queria que tivesse sido o suficiente para você. Porque pode passar o tempo que for, sem você nunca será suficiente.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top