Será que estou verdadeiramente sozinha ? Fico perguntando isso constantemente.
Tenho amigos, família, música, terceiros que me fazem esquecer que não estou com você.
É. Faz falta. Absurda, por sinal. Não estar com quem se ama, com quem tanto lhe fazia feliz.
Mas com o passar do tempo , percebe-se que não a espaço pra sofrimentos e dores.
E você acaba por perceber que sorrir é bom. As lágrimas ainda estão com forte presença na minha rotina, mas acabei descobrindo que com elas eu posso arrancar um motivo para vida.
Sabe, quero crescer. Rir. Esquecer e lembrar. Sofrer. Sorrir por perder. Chorar. sentir menos. Conhecer. Cair e levantar. Pensar. Viver. Eu, amor ?, Eu, vida.
E a solidão...
A solidão é pra quem tem medo.
Medo de sonhar. Medo de se envolver. Medo de ser. Medo de fazer. Medo de errar.
Medo de viver.
Porém, estou aqui.
Vivendo.
Só.
Mas é assim que eu sou. É assim que sempre vai ser.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top