Lugar pouco provável para se ter uma conversa tão séria, a ponto de fazer seus olhos prestarem atenção no que eu dizia, enquanto uma das suas mãos seguravam a minha, meu tormento parecia se acalmar.
- Agora pra mim é indiferente, sei lá. Tanto faz.
- Não é bem assim, se fosse você não estaria se importando e muito menos me contando.
- É aquele tal negocio, a gente tem que aprender a se acostumar, como se nada tivesse acontecendo, mesmo se importando...

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top