Cansei

Todo mundo fica esperando alguma coisa de mim. Seja uma palavra de conforto ou até um “tudo bem, dessa vez passa”. Cansei disso. Ninguém se preocupa em me ligar e dizer: Vamos sair pra conversar? Ou “estou aqui pra te ouvir”. Não, todo mundo só me procura pra falar de dor, de desilusões amorosas e o caralho a quatro. Eu sei, sempre fui de estar aqui. Nunca reclamei. Mas chega. Ando meio sem paciência para as coisas, para os problemas do passado, encontros perdidos e sedes afetivas não saciadas. Quero ser, sem estar. Compreende? Essas coisinhas simples: um abraço, um olhar, alguém que me deixe falar mais que a boca (além do normal), que não ligue pra minha timidez alternativa e nem que me faça concordar com o inadmissível. Não, não preciso de amores ou de pares. Só quero companhia pra quando eu não quiser nada. Isso mesmo. Chega de esconder as verdades, de viver às cegas e fingir que concordo com tudo. Eu não quero fazer nada. Quero ficar a mercê desse tempo louco. Mudar a rotina e deixar de agradar os outros. ESQUEÇA, eu não vim pra te agradar. Nem pra te surpreender. Deixa eu ser. Ah, me deixa em paz. Não espere que eu liga, que eu saia correndo atrás de você e muito menos, que eu diga que te quero. Eu não costumo fazer isso. Deixo isso para as horas (o decorrer delas). Eu também não espero nada de você, ou de você ai. Venha se quiser, ligue se tiver vontade ou suma. Faça como quiser e do melhor jeito. Só não espere que eu faça igual. Por enquanto, minha fase está predestinada a escutar os outros. Esqueça mais uma vez. Cansei de sempre estar aqui. Chega de casos e acasos. É hora de parar pra me ouvir. Nem que seja por eu mesmo.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top