(des)encantei

Aguardando um novembro novo, sem expectativas, sem ilusões despejadas nos ombros de alguém e muito menos pressa pra viver o tempo. Sem grandes feitos. Não quero nada pra começar. Está tudo em seu devido lugar, deixa assim. Nada do que foi e o que vai ser. Chega disso. Não quero mais um mês para me arrepender do que não fiz. Farei. Não farei. Vou ser. Encantada demais a ponto de me desencantar. Me deixa. Vou lembrar do que virá.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top