E riscou tudo mais uma vez
como se pudesse esconder de
si o que sempre morou
em suas palavras.
(ou na falta delas)

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top