Chama, diz.

Não espero pra ver se te encontro num caminho só.
Capaz de setembro não ser tão bom quanto agosto
que quebrou as regras
dos outros que queriam o desgosto.
Eu não sei.
Vejo por aí que não tinha alguém
assim,
assim como você
que corre na minha direção como quem realiza seu sonho mais louco.
Eu devo bordar o amor com linhas demais
toda vez que me sorri com os olhos
e me olha com a boca
extasiada de vontade
e de toda a culpa
que não temos.
Grava teu compasso
como quem faz a melodia mais singela.
Me diz o que é tempo
pra que eu não te veja todos os dias
mas sim
pra que seja sua.
Diz pra ficar.
Diz pra não desembarcar do lado esquerdo
e me toque a pele
com teus lábios cobertos de prazer.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top