Faz parte querer;

A melodia mais esperada.
Misto de sorrisos e lágrimas ao ouvi-la antes de todos.
Coração acelerado a espera dos passos que estavam se aproximando.
Essa espera terá um fim.
Soluços rasgados desejam a fonte de minha alegria
Tão simples, puramente real.
O passado me doeu, mas como foi antes, já não me interessa. O desejo de nunca voltar a ver os olhos se faz digno e não me deixei levar (ele voltou a ser estranho e eu deixei de acreditar)
Acreditar
em histórias nostálgicas de abraços e de palavras não ditas
Voz áspera que gritou o meu nome, que me atingiu tentando ser maior que eu, me fez pequena.
Porém, me deliciei. Eu sorri por saber que o ontem não iria mais me incomodar. A vida colocou a sua grosseria em minha frente simplesmente pelo fato de mostrar que eu me livrei. (Eu queria ver isso, faz parte querer fazer jus as minhas palavras de alivio).
Tornei-me grande, novamente, com o aperto de mãos que me seguraram e me trouxeram de volta aos olhos que tanto clamo a olhar.
E agora, bate-me a gratidão, que irá ser eterna.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top