Livre errante arbítrio

Não faça com que meus olhos se desviem dos seus. Você já me tirou os abraços. Rente a sua pele, a esse teu cheiro forte que não me faz pegar no sono. Eu não posso renunciar a mim e a ninguém. Em nenhum delírio sequer. Não me deixa dizer "oi". Eu não vou conseguir te deixar pra trás, depois. Não. Você já não vem comigo. Mas não, não implique com essa minha vontade de continuar a te olhar imensa(profunda)mente.

CONVERSATION

1 comentários:

  1. OI MINHA QUERIDA .
    ADORO SEU BLOG , E MUITO LINDO SEUS POEMAS ,
    TALVEZ EU POSSA ROUBAR ALGUNS ...QUE TAL ...
    BJS BJS PRI

    ResponderExcluir

Back
to top