eu te amo, sussurrou deitada no seu sofá cinza, eu te amava, borrando suas unhas que acabara de pintar, eu te amei, escorreu pelos braços sem nada, eu te q... que ? Claro que não. Voltar ? Amar? Alguém aqui disse em amor? Alguém sonhou em ter amor de novo ? Como assim, você vai amá-lo mesmo ele dizendo nos teus olhos que te odiava ? Afe garota, acorda.

eu te amo, dizia sozinha, antes que os outros a escutasse, eu te amo, não, não, não, pra que revirar aquela caixa se o saco preto já tinha mandado embora ? Para, cartas e cheiros devem ser esquecidas, eu te amo, jogou fora todas as recordações de um ano atrás.
virou poeira, que mentira. virou mágoa, virou passado, amor, me explica amor, me explica se amou, me explica porque amar. Não, chega.
eu te amo, para, eu te amo é muita falsidade pro meu gosto.

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário

Back
to top