Qualquer semelhança,

... é mera coincidência!


O que eu diria pra você?
Que eu estava te amando.
Espera, tem mais!
Eu queria que você fosse me buscar na rodoviária, te esperando tirar a bagagem das minhas mãos e dizer: vamos embora. Eu vou para onde você for!
Mas não, eu entendo.
Eu sei que você ao menos sabia o que estava se passando. Era tão pouco meu amor. Mas era. Era? É!
É? Acho que agora, é.
E essa vontade de dizer algo não me leva a nada. Acabou. Também não me traz nada.
Não, eu minto.
Traz uma vontadezinha de chorar, de partir, de ir correndo atrás de um ônibus que em cinco horas me levaria até você. Talvez seja isso.
Aos poucos, porém, estou sentindo o vazio. E o pior disso, é ver que não há esperança. FALTA!
É tão diferente.
Ultimamente, a sensanção de fracasso cai sobre mim. Sabe ?
Como se eu tivesse que ter sido com você, a pessoa que eu sempre fui, mas que escondia de mim mesmo.
Agora... agora são apenas milhas. Distantes, quilometros.
E antes que eu vá dormir, tudo o que me faltava, eu vi em você.
Pensava em você.
Penso.
Pensarei.
E o que me resta ?
Sentir saudade, é o que falta. E me atormenta.

De Ana, sobre Lalinha.

CONVERSATION

2 comentários:

  1. Vc eh FODA menina! isso diz tudo sobre mim ='/

    ResponderExcluir
  2. que bom, que bom!
    Era essa a intenção .
    te amo ♥

    ResponderExcluir

Back
to top